Linkedin 15 de Janeiro 2015

No final do ano passado, deparei-me com esta questão levantada por um potencial cliente. Em principio, não havia entendido o que ele chamava de “operação semi-automatizada”.

Eu sei, não precisa ser um expert em logística nem em tecnologia para entender que, numa operação semiautomática, parte dos processos são feitos manualmente e, outra parte, via sistema. Contudo, eu precisava (no papel de salesperson) contar com mais elementos para entender a dor expressa na frase.

(continue a leitura…)