Choose color scheme

  • Point-of-View: Investir durante a Crise e o papel da Tecnologia

    Screen Shot 2015-12-02 at 11.20.23 AMInvestir em 2016 ou aguardar uma virada econômica? Provavelmente, esta questão aparece na pauta estratégica de 99% das empresas brasileiras. Diante de notícias tão desanimadoras na economia e da falta de assertividade na política, os empreendedores ficam “desconfiados” e, decidem por postergar suas decisões de investimento. Segundo o IBGE, só nos últimos 12 meses (out-14 a set-15) o investimento caiu quase 13% no Brasil, resultando na queda acentuada do PIB.

    Como sabemos, as empresas possuem recursos finitos e, em épocas de crise a dúvida de se investir ou não é acompanhada de vários trade-off, como: o mercado irá reagir e vou obter o retorno sobre o investimento realizado? Temos caixa o suficiente para financiar investimentos e cumprir com meus gastos de curto prazo? Em todos esses trade-off há uma questão temporal importante, quando se misturam as necessidades de curto prazo (principalmente, a de sobreviver) com as necessidades de longo prazo (manter-se competitivo e crescer) das empresas.

    Até aqui percebemos que a resposta à questão inicial não é fácil. Porém, temos de considerar que investir na crise pode ser a forma mais inteligente de se criar uma solução interna para os problemas de curto prazo e, ainda preparar-se para o momento de virada do mercado. Ou seja, ficar parado não deveria ser uma escolha, pois pensar em oportunidades e buscar alternativas de se investir fará a diferença.

    Agora que combinamos que devemos encontrar formas de investir na crise, vem a segunda questão; como identificar os investimentos de maior eficiência? Ou seja, como priorizar os investimentos que retornam mais Reais por cada Real investido e, em prazos menores?

    De forma ampla, a tecnologia e a inovação possuem a capacidade de potencializar o retorno do investimento realizado. Uma dica de como investir é observar o seu próprio negócio e responder como a tecnologia poderá apoiar para:

    • Aumentar a eficiência no uso dos recursos, reduzindo custos operacionais e administrativos
    • Otimizar a capacidade de geração de receita
    • Aumentar a vantagem competitividade
    • Elevar o nível de serviço ao cliente

    Em resumo: Investir em épocas de crise é uma decisão difícil para empresas e empreendedores. Por isso, deverá ser tomada a partir da busca pela priorização de investimentos, que resultem no aumento da eficiência operacional e administrativa. De forma geral, investimentos em tecnologia podem ser a escolha mais assertiva.

    Se você quiser continuar esta discussão, receber exemplos de investimentos que estamos realizando na Athenas e, saber mais como ajudamos nossos clientes a se tornarem mais eficientes e competitivos, mande-nos um email: athenas@athen.as. Será um prazer trocar experiências em meio a este mar revolto!

    ABOUT: Marcos Barcellos é economista, mestre em administração pela FGV-EAESP, empreendedor na Athenas Logistics Tecnhology, respira logística e tecnologia.

  • Parceria Técnica – SeaboxTech

    seabox_logo02-01As empresas Athenas Logistics Technology e Seabox Tech celebraram, em Outubro de 2015, um acordo de parceria técnica. O intuito deste acordo é de garantir ao mercado que as integrações entre o TOS+ e os produtos (hardware) da SeaboxTech (OCR, Scanners, Totens ) estejam pré-homologados. Como resultado, os clientes (terminais logísticos) em processo de automação podem considerar a combinação das soluções como uma opção já aprovada, reduzindo os custos e riscos de contratação e implantação.

    A Athenas e a SeaboxTech já possuem integrações em funcionamento em terminais de grande porte no Brasil.

     Para conhecerem mais do que esta parceria pode lhe oferecer, acessem:

     http://athen.as

     http://seaboxtech.com.br

  • v1-comunicado-parceria

    ATHENAS e FCAMARA assinam parceria estratégica

    Comunicado ao Mercado – Parceria Estratégica

    Athenas Logistics Technology e a FCamara Formação e Consultoria têm a satisfação de informarem aos seus clientes e parceiros que, em 09 de Novembro, celebraram o Termo de Parceria abrangendo ações comerciais e técnicas. Este importante passo foi dado, a fim de proporcionarem um atendimento ainda mais eficiente e especializado ao Mercado de terminais logísticos.

    As empresas que possuem experiências paralelas comprovadas no setor, passam agora a combinarem ações comerciais e de desenvolvimento, apoiando conjuntamente os projetos de seus clientes.

    De forma prática, a FCamara está homologada para oferecer o produto da Athenas, o TOS+ (Terminal Operating System PLUS), e implantá-lo em novos clientes. A Athenas, por sua vez, poderá contar com a equipe FCamara para implantações e, para o desenvolvimento de customizações.

    A ideia principal é de oferecer aos terminais logísticos opções combinadas de software, serviços e hardware que, de forma colaborativa, representem soluções de maior valor percebido ao cliente. A FCamara e seu time reforçam ainda mais nossa ideia inicial de trabalhar num ambiente colaborativo. ” Afirma, Marcos Barcellos, CEO Athenas.

    Estamos confiantes em nossa aproximação com a Athenas, sobretudo pela complementaridade em nossos serviços e sinergia de valor entre as empresas. Em suma, esta parceria visa oferecer ao mercado um portfólio de serviços mais amplo e com proposição de valor mais conectado à realidade do nosso país. ” Afirma Kleber Santos, diretor de negócios da FCamara.

    Convictos de que a colaboração entre fornecedores de produtos e serviços apoiam o processo decisório do cliente, a Athenas e a FCamara convidam a todos a conhecerem mais dos seus respectivos portfólios, acessando:

    http://athen.as

    http://www.fcamara.com.br/home

  • Como apoiar os Terminais Logísticos com a tomada de decisão mais assertiva na hora de investirem?

    parceria

    Em geral, os Terminais Logísticos enfrentam grandes desafios ao deciderem estruturar um programa de investimento em automação. A começar pela disponibilidade dos recursos e, pelo alinhamento entre as áreas: operação, financeiro, comercial e TI.

    Junto a estes desafios, aparecem as perguntas: o que comprar ? E, de quem comprar? Essa definição pela compra de hardware e software pode ser demorada e envolver questões técnicas crucias como, por exemplo, esclarecer se a integração software e hardware de vários fornecedores distintos será viável e eficiente.

    Foi diante desse cénario, muitas vezes paralizante para as equipes técnicas, que a Athenas decidiu iniciar a celebração de parcerias com os principais fornecedores de hardware da operação logística. No primeiro momento, a idéia é de homologar tecnicamente as integrações com os parceiros para que o cliente saiba, antes mesmo de investir, que as opções estão disponivéis e validadas. Em suma, o objetivo é facilitar o processo decisório do nosso cliente.

    Já a partir das próximas semanas, faremos a divulgação dos novos Parceiros ATHENAS!

    Acompanhem as novidades em nossos posts, na nossa “NEWS” (http://athen.as/news/) e, na área “PARCEIROS” (http://athen.as/parceiros.php) da nossa HP!

  • oficial

    Athenas no Valor Econômico – 29/10/2015

    Saímos em mais um veículo de mídia. Confira a matéria na íntegra!

  • tecon

    Athenas e Sepetiba Tecon assinam contrato para implantação do produto TOS+

    O Terminal Sepetiba Tecon, administrado pela CSN (Companhia Siderúrgica Nacional), assinou, em Julho de 2015, o contrato de licenciamento e implantação do TOS+, uma solução para automação e otimização de terminais portuários. A solução atenderá de forma integrada as operações de exportação e importação de containers e carga geral do terminal. Atualmente o terminal que conta com 6 portêineres e 11 RTGs e, desde a inauguração do berço 3, possui capacidade de movimentar 600 mil TEUs/ano contará com o suporte da Athenas no processo de automação dos processos para que esteja mais preparado para os desafios do mercado atual.

  • 20140908_103018_2

    Startup brasileira desenvolve sistema para tornar porto mais rápido

    Pequenas Empresas & Grandes Negócios: Software da Athenas otimiza processos, organiza o fluxo de pessoas e embarcações e reduz custos para os administradores dos terminais.

    Os portos marítimos precisam funcionar como relógios. Se uma embarcação atrasa para descarregar sua carga, ela certamente afetará a fila de navios que espera para atracar no porto. Com isso, produtos estragam, encomendam atrasam e empresas de todos os portes têm prejuízo. A Athenas, uma startup brasileira especializada em soluções para portos, criou uma série de sistemas para evitar problemas como esses. E por causa do potencial de sua tecnologia, espera faturar R$ 5 milhões até o fim deste ano.

  • noticia_1

    ATHENAS na Mídia – Jornal “A Crítica” de Manaus

    No Domingo (01/03/2015) a Athenas – Tecnologia em Logística foi assunto na reportagem dada pelo Sr.Bruno Wascow ao caderno de Economia do Jornal “A Critica”, mais importante veículo de comunicaçāo da região Norte do país.

    O Gerente Geral do terminal privativo da Super Terminais em Manaus apontou os investimentos realizados para o período 2015-16 e enfatizou a parceria com a Athenas para implantação do TOS+. Segundo Wascow, a empresa deverá assumir a vanguarda da inovação em suas operações com a automação e otimização dos seus processos com a instalação do TOS+.